Páginas

"Todos os argumentos que provam a superioridade humana não eliminam este fato:
no sofrimento os animais são semelhantes a nós."
Peter Singer - Filósofo e professor de bioética na Universidade de Princeton, autor de Libertação Animal (1975)

Pesquisar este blog

terça-feira, 28 de junho de 2011

Tartarugas para o tráfico, para alimentação e como afrodisíaco. Realidade em Madagascar

Tartarugas são fontes de alimento, de preparados afrodisíacos e de diversão. Isso em Madagascar, país africano do lado do Oceano Índico, onde ambientalistas alertam para os riscos de extinção desses répteis.

“Eles dizem que a crescente demanda local pela carne e no exterior pelo casco, usado como afrodisíaco, e pelo réptil como animal doméstico, favoreceu o que batizaram de "máfia das tartarugas." – texto da matéria “'Máfia da tartaruga' deixa espécie rara sob ameaça de extinção”, veiculada em 28 de junho de 2011 pela BBC Brasil. O material produzido pela agência de notícias inglesa não especifica a espécie do animal.


Espécie de Madagsascar corre risco, segundo BBC
Foto: BBC 

Além da cultura local em se alimentar com carne de tartaruga (e não é apenas para matar a fome de populações pobres, mas como iguaria e tira-gosto em restaurantes), há a exploração dos cascos de filhotes para a medicina chinesa (que os considera afrodisíacos) e como produtos para o mercado negro de animais silvestres em países da Ásia, como a Tailândia.

“Ambientalistas contam que traficantes chegam a colocar até 400 animais dentro de suas bagagens, antes de embarcá-las para cidades como Bangcoc.” – texto da BBC

“... é constante ver caçadores percorrendo vilarejos em grupos de até cem pessoas, que chegam a recolher milhares de tartarugas em algumas semanas.

Segundo os ambientalistas, eles costumam estar fortemente armados, a fim de coibir quem tentar impedi-los.”
- texto da BBC

Quer saber o valor que a vida animal tem nesse mundo criminoso?

De acordo com a matéria da BBC, que ouviu os ambientalistas Ndranto Razakamanarina, presidente da Aliança de Grupos de Conservação; Herilala Randrianahazo, da Aliança pela Sobrevivência das Tartarugas; e Tsilavo Rafeliarisoa, temos o seguinte:

- em um restaurante, o prato de carne de tartaruga, cozida no tomate, com alho e cebolas, é vendido por US$ 2,50 (R$ 4) e servido em menos de 30 minutos;

- asiáticos ricos consideram as tartarugas animais domésticos exóticos e pagam até US$ 10 mil por cada uma (cerca de R$ 16 mil).


Carne de tartaruga
Foto: BBC

A máfia
“Todo mundo as está comendo e todo mundo as está traficando. E assim que essas pessoas são levadas a julgamento, surgem organizações mafiosas que as ajudam a escapar”, afirmou Razakamanarina para a BBC. E ainda há o fato de autoridades do governo também estarem envolvidas.

Saiba que...
- o tráfico de animais silvestres movimenta, anualmente, entre 10 bilhões e 20 bilhões de dólares por ano no mundo;
- o Brasil é responsável entre 5% e 15% desse total;
- dependendo da fonte consultada, o número de animais silvestres retirados da natureza por ano para alimentar esse comércio, no Brasil, é de 12 milhões ou de 38 milhões;
- esse crime é a terceira atividade ilegal mais rentável do mundo (atrás do tráfico de drogas e do contrabando de armas)

- Leia a matéria original da BBC.
- O caso também foi abordado pelo portal G1.
- Saiba mais sobre o tráfico de animais na Tailândia, um grande mercado de animais silvestres – Freeland Foundation.

Nenhum comentário: