Páginas

"Todos os argumentos que provam a superioridade humana não eliminam este fato:
no sofrimento os animais são semelhantes a nós."
Peter Singer - Filósofo e professor de bioética na Universidade de Princeton, autor de Libertação Animal (1975)

Pesquisar este blog

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Começar a semana pensando...

...no futuro dos primatas. E o tráfico de animais está envolvido!

“A União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN) divulgou nesta segunda-feira (15), durante evento da COP11 da Biodiversidade, o relatório Primatas em Perigo – Os 25 primatas mais ameaçados do mundo, referente ao período de 2012 a 2014.

Imagem: Composição com ilustrações do relatório (Planeta Sustentável)

A lista revela as espécies que, nos próximos dois anos, devem estar no topo da lista dos animais que precisam de esforços globais de conservação para que não deixem de existir. Entre os primatas estão dois brasileiros: o macaco-caiarara (Cebus kaapori), encontrado sobretudo na Amazônia, e o bugio-marrom (Alouatta guariba guariba), que vive na Mata Atlântica de Minas Gerais.

O continente africano é o que abriga o maior número de espécies de primatas que estão em grave risco de extinção: são 11, sendo que seis delas são endêmicas da Ilha de Madagascar. Em segundo lugar aparece o continente asiático, com nove espécies listadas no relatório da IUCN, seguido pela América do Sul, que tem cinco.

Ainda segundo o estudo, atualmente, mais da metade dos 633 tipos de primatas conhecidos em todo o mundo correm perigo de desaparecer para sempre por conta de ações humanas como queima e desmatamento de florestas tropicais, caça para alimentação e comércio ilegal de animais silvestres.”
– texto da matéria “IUCN divulga lista dos 25 primatas mais ameaçados de extinção”, publicada em 15 de outubro de 2012 pelo Planeta Sustentável

- Leia a matéria do Planeta Sustentável
- Conheça o relatório “Primatas em Perigo – Os 25 primatas mais ameaçados do mundo” (em inglês)

Nenhum comentário: