Páginas

"Todos os argumentos que provam a superioridade humana não eliminam este fato:
no sofrimento os animais são semelhantes a nós."
Peter Singer - Filósofo e professor de bioética na Universidade de Princeton, autor de Libertação Animal (1975)

Pesquisar este blog

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Tráfico de partes de animais: a cruel cobiça pela pele dos leopardos

“Um relatório do World Wide Fund for Nature (Fundo Mundial para a Natureza) publicado no mês passado revelou que pelo menos quatro leopardos são mortos a cada semana na Índia, para extração de suas peles ou ossos. As informações são da Global Animal.

Peles de leopardos apreendidas na Índia
Foto: Traffic India

(...) Autoridades informam que restaram aproximadamente 10 mil leopardos na Índia, embora este número seja apenas uma estimativa. Leopardos são procurados para comércio ilegal em países como a China, que utilizam seus ossos com propósitos supostamente medicinais. Outros países da Ásia geram demanda pelas peles dos leopardos.

Um artigo recente, chamado “Illuminating the Blind Spot: A Study on Illegal Trade in Leopard Parts in India” (Iluminando o ponto cego: Um estudo sobre o comércio ilegal de partes de leopardo na Índia”), calculou que cerca de 3 mil leopardos foram traficados na Índia durante a última década. Adicionalmente, nesses dez anos, o estudo revela que houve 420 apreensões de peles de leopardo, ossos e outras partes do animal em 209 localidades do país.”
– texto da matéria “Leopardos estão sendo mortos na Índia”, publicada em 24 de outubro de 2012 pela Agência de Notícias de Direitos Animais (Anda)

Quando se aborda o tráfico de animais o assunto não fica restrito ao comércio ilegal de bichos vivos. As partes deles também são alvo de cobiça e movimentam altas quantias. É assim com o marfim dos elefantes, os chifres dos rinocerontes, as peles e partes de tigres e com outras tantas espécies. A bola da vez que está recebendo atenção é os leopardos.

Esses felinos já sofriam com a perda de hábitat, causada pela ocupação humana do território. A situação está se agravando pela caça com objetivo de usar pelas para adornos em residências, tapetes e até vestuário.

- Leia a matéria completa da Anda
- Leia o relatório Illuminating the Blind Spot: A Study on Illegal Trade in Leopard Parts in India (em inglês)

Nenhum comentário: