Páginas

"Todos os argumentos que provam a superioridade humana não eliminam este fato:
no sofrimento os animais são semelhantes a nós."
Peter Singer - Filósofo e professor de bioética na Universidade de Princeton, autor de Libertação Animal (1975)

Pesquisar este blog

terça-feira, 20 de novembro de 2012

Ironia: passou mal com a possibilidade de ficar em uma jaula como os animais que criava

“Um homem foi detido na tarde desta sexta-feira (16) por criar seis animais silvestres dentro de casa, na quadra 2 do Setor Leste da Estrutural. A Polícia Ambiental apreendeu na residência um jabuti, dois saguis, uma arara-canindé, um pássaro-preto e um corrupião.

Animais apreendidos no Distrito Federal
Foto: Mario Alberto

O homem disse á polícia que mantinha os animais em casa porque gosta de bicho e informou não saber que se tratava de crime. Ele foi encaminhado para a 8ª Delegacia de Polícia, mas precisou ser levado para o Hospital de Base após passar mal durante o depoimento. Ele assinou termo circunstanciado se comprometendo a comparecer à Justiça e não ficará preso até o julgamento.”
– texto da matéria “Homem é detido por criar animais silvestres em casa na Estrutural”, publicada em 16 de novembro de 2012 pelo portal G1 do Distrito Federal

Fiquei pensando na situação, afinal, parece que a possibilidade de ser preso (mesmo que remota) fez o sujeito que foi levado para a delegacia passar mal. A possibilidade da perda da liberdade foi uma pressão forte demais para esse homem, que ainda alegou gostar de bichos. Então por que fazemos isso com os animais?

Se prezamos tanto a liberdade, devemos valorizá-la para todos os seres vivos. Gaiolas e jaulas são sinônimos de cadeia.

- Leia a matéria completa do portal G1

Nenhum comentário: