Páginas

"Todos os argumentos que provam a superioridade humana não eliminam este fato:
no sofrimento os animais são semelhantes a nós."
Peter Singer - Filósofo e professor de bioética na Universidade de Princeton, autor de Libertação Animal (1975)

Pesquisar este blog

terça-feira, 13 de agosto de 2013

Ex-candidato a prefeito, médico e filiado ao Partido Verde. O que vai alegar por manter 43 animais silvestres em cativeiro?

Muitas das apreensões de animais silvestres mantidos em cativeiro domiciliar ilegal ocorrem por falta de informação das pessoas. Há que não saiba estar cometendo um crime e há uma grande maioria que não tem a menor noção do problema ambiental que está ajudando a promover.

Essa é a realidade da maior parte dos casos. Mas há uma parcela de infratores que não dá para alegar nada. É o caso do nefrologista Ildefonso Rodrigues dos Santos (foto abaixo), que foi candidato a prefeito de São Caitano (PE) pelo Partido Verde (PV). Isso mesmo, pelo PV.
Foto: Jornal de Caruaru
“Uma operação conjunta realizada pela Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH), Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (Depoma), Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Renováveis (Ibama) e Companhia Independente de Policiamento do Meio Ambiente (Cipoma) apreendeu , no município de São Caetano, Agreste central de Pernambuco, 43 animais da fauna silvestre que estavam vivendo em cativeiro. Os animais estavam em uma fazenda na zona rural do município, de propriedade do nefrologista Ildefonso Rodrigues dos Santos.

Entre os animais resgatados, estão cinco araras da espécie Canindé, uma arara azul e uma vermelha, cinco tucanos, dois papagaios, um macaco prego, quatro jabutis e um veado caatingueiro. Para a surpresa dos fiscais, três dessas araras eram criadas ao ar livre em uma árvore. Apesar de soltas, elas não podiam voar porque tinham as asas cortadas e, para comer, subiam e desciam pelos galhos.”
– texto da matéria “Operação apreende mais de 40 animais silvestres vivendo em cativeiro no Agreste”, publicada em 12 de agosto de 2013 pelo site do Diario de Pernambuco

As araras tiveram as asas cortadas para não fugir
Foto: Divulgação CPRH

Esse é o tipo do caso que não tem muito o que comentar, mas é preciso lamentar como a legislação o trata:

“De acordo com a delegada titular do Depoma, Eliane Caldas, o médico vai responder ao TCO em liberdade. "Não identificamos maus tratos, os viveiros eram grandes. Não cabia prisão em flagrante por se tratar de crime de menor potencial ofensivo", explicou.

O juiz Ailton Alfredo, coordenador dos juizados especiais do Recife, afirmou que a pena de seis meses de reclusão pode ser convertida em penas alternativas. "O réu que tem bons antecedentes criminais e não esteja cumprindo outra pena alternativa pode ser beneficiado", esclareceu.”
– texto do Diario de Pernambuco

Só quem fica preso é o animal, como o tucano apreendido
Foto: Divulgação CPRH

Pelo menos o doutor não foi eleito. Parece que a população, de alguma forma, sentiu algo de estranho no ar. Nas eleições de 2012, Ildefonso recebeu apenas 870 votos (3,92% do total).

- Leia a matéria completa do Diario de Pernambuco
- Leia a página de Ildefonso no site UOL Eleições 2012

Nenhum comentário: