Páginas

"Todos os argumentos que provam a superioridade humana não eliminam este fato:
no sofrimento os animais são semelhantes a nós."
Peter Singer - Filósofo e professor de bioética na Universidade de Princeton, autor de Libertação Animal (1975)

Pesquisar este blog

quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Veterinários na luta contra o tráfico de animais silvestres

“Para comemorar os seus 45 Anos, os Conselhos Federal e Regionais de Medicina Veterinária (Sistema CFMV/CRMVs) trazem à tona um assunto que é pouco difundido e, no entanto, de extrema importância para o nosso País: o tráfico de animais selvagens.

Para o Sistema CFMV/CRMVs, proteger a fauna do Brasil é zelar por nossa riqueza natural e, com a Campanha Nacional de Combate ao Tráfico de Animais Selvagens, pretendemos conscientizar a sociedade, aumentar a visibilidade deste problema, alertar sobre a gravidade de suas consequências e diminuir a incidência da prática ilegal.”


Imagem do hotsite da campanha do CFMV

Assim o Conselho Federal de Medicina Veterinária apresenta em um hotsite sua campanha contra o tráfico de fauna, lançada em 25 de setembro na sede da instituição, em Brasília. Nesse primeiro evento, o CFMV já atuou na conscientização dos jornalistas para o problema de um mercado que, anualmente, retira 38 milhões de animais silvestres das matas brasileiras (dados  de 2001 da Rede Nacional de Combate ao Tráfico de Animais Silvestres - Renctas).
Foto: Divulgação
“Abrimos nossa casa aos jornalistas para sensibilizá-los sobre a gravidade do tráfico no Brasil. O assunto é de extrema relevância e de interesse público e o papel da imprensa nesta divulgação é fundamental para que possamos atingir a população e mobilizá-la a fim de combater este crime que tem devastado nossas florestas”, afirmou o presidente do CFMV, Benedito Fortes de Arruda (foto ao lado).

Logo no primeiro domingo (29 de setembro) da campanha, o chamado Dia de Conscientização, várias atividades foram realizadas várias atividades em 14 estados e no Distrito Federal. Médicos veterinários e zootecnistas orientaram a população com a distribuição de folderes que enfatizam os danos causados pelo crime à biodiversidade e à saúde humana e fornecem instruções sobre como denunciar o tráfico. Para as crianças, houve contadores de histórias, distribuição de cartilhas e muitas brincadeiras.

A campanha terá duração de um ano. Peças publicitárias estão sendo veiculadas em todo o país, com vídeos nos intervalos das emissoras Globo, Band e SBT,  além dos canais de TV fechada como Discovey Chanel, Universal Channel, GNT e Animal Planet. Na mídia impressa, há publicações na Folha de S. Paulo e nas revistas Época, Azul e TAM. O CFMV também veiculará sua mensagem em salas de cinema e em outdoors das rodovias que cortam rotas do tráfico na Bahia, Ceará, Piauí, Mato Grosso, São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro.

A campanha mantém o hotsite www.cfmv.gov.br/traficodeanimais , com várias informações e explicações sobre o mercado negro de fauna no Brasil. Vale a visita!

Parabéns ao CFMV por assumir seu papel na luta contra o comércio ilegal de animais silvestres e investir em uma área totalmente esquecida pelo poder público nessa batalha: educação.

O Fauna News apoia a campanha.

Nenhum comentário: