Páginas

"Todos os argumentos que provam a superioridade humana não eliminam este fato:
no sofrimento os animais são semelhantes a nós."
Peter Singer - Filósofo e professor de bioética na Universidade de Princeton, autor de Libertação Animal (1975)

Pesquisar este blog

quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

Feira de Santana: central de tráfico na Bahia

“A Bahia é o estado brasileiro que mais abriga integrantes de quadrilhas especializadas no tráfico de animais silvestres, com algumas regiões e cidades tão bem articuladas com essa atividade criminosa que possuem locais com estrutura especialmente adaptada ao desenvolvimento da atividade”, relata a presidente da ONG ECO – Organização para Conservação do Meio Ambiente, Kilma Manso.

Ex-servidora do Ibama, em que trabalhou por dois anos no estado, e ex-policial federal com outros dois anos de atuação na Delegacia de Repressão aos Crimes Ambientais e contra o Patrimônio Histórico na Superintendência baiana da PF, Kilma afirma que essa forte presença do tráfico de fauna faz com que também existam todos os tipos de feiras de venda de animais, desde as mais recatadas até aquelas em que há centenas de animais silvestres expostos, bem como, seus produtos e subprodutos.

Feira de Santana (que ainda conta com a vantagem de ser cortada por duas grandes rodovias federais, a BR-101 e a BR-116) e Vitória da Conquista são grandes centros do tráfico de animais silvestres no Brasil. Pelas duas cidades, onde há depósitos que recebem animais de diversas regiões, passam rotas que abastecem a venda principalmente na região Sudeste. Ao mesmo tempo, nelas também há feiras para o comércio local.

“Mil pássaros da espécie canário da terra e 20 da espécie coleira foram apreendidos na BR-101, neste sábado (30), em uma fiscalização de rotina da Polícia Rodoviária Federal (PRF), na cidade de Itamaraju, no sul da Bahia. Os animais são da flora brasileira e têm a comercialização e criação proibidas.

Aves apreendidas iam para Feira de Santana (BA)
Foto: Divulgação Polícia Rodoviária Federal

Segundo informações da PRF, os animais estavam no porta-malas de um carro, em pequenos caixotes. Duas pessoas estão custodiadas na PRF e podem responder por crime ambiental e maus-tratos. Elas estão à disposição do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama).

Ainda de acordo com a PRF, o carro seguia do Espírito Santo para Feira de Santana, na Bahia. O Ibama foi acionado para recolher os animais.”
– texto da matéria “PRF apreende mil pássaros durante fiscalização na BR-101, na Bahia”, publicada em 30 de novembro de 2013 pelo portal G1

Já passou da hora de os órgãos de repressão e fiscalização se articularem para, de uma vez por todas, desarticular as quadrilhas e inibir a venda no varejo para as comunidades.

- Leia a matéria no portal G1

Nenhum comentário: