Páginas

"Todos os argumentos que provam a superioridade humana não eliminam este fato:
no sofrimento os animais são semelhantes a nós."
Peter Singer - Filósofo e professor de bioética na Universidade de Princeton, autor de Libertação Animal (1975)

Pesquisar este blog

segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

Começar a semana pensando...

...sobre a entrevista de um caçador de elefantes.

Olhando para trás, como você se sentiu ao tirar a vida de um elefante?
Foto: The Dodo
Eu tive que colocar coragem em minha alma. Mas quando eu jogava a minha lança no animal, alguma coisa acontecia no meu interior, uma emoção. Quando eu jogava a lança e ela entrava no animal, que é quando ele grita. E quando ele grita, é como se o paraíso descesse na terra.

Neste momento, me sentia desumano. Isso me surpreendia algumas vezes. Quando chegava para encontrar o animal deitado morto, havia uma dor dentro do meu coração. Mas esta era a minha meta. Então, eu só continuei meu negócio.”


O jornalista Stephen Messenger, um dos editores do site The Dodo, perguntando para John Kaimoi (foto), um queniano de 33 anos que matou 70 elefantes para vender o marfim (publicado na matéria “Caçador revela bastidores da matança de elefantes para extração de marfim”, publicada em 16 de janeiro de 2014 pela Agência de Notícias de Direitos dos Animais - Anda)

- Leia a matéria completa da Anda

Nenhum comentário: