Páginas

"Todos os argumentos que provam a superioridade humana não eliminam este fato:
no sofrimento os animais são semelhantes a nós."
Peter Singer - Filósofo e professor de bioética na Universidade de Princeton, autor de Libertação Animal (1975)

Pesquisar este blog

sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

Contra o tráfico de fauna, um gibi

“Poeticamente, há quem ache a natureza um livro de páginas vivas. No caso da cartilha infantil “Vida Livre, um Sonho Animal”, recém-lançada pelo IBAMA, a criançada vai se divertir a valer com as historinhas ilustradas, na forma de gibi, que falam sobre a importância dos animais viverem livres na natureza e como é feito e desenvolvido o trabalho do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), para a proteção e conservação das espécies que compõem a rica fauna do país.
Gibi lançado pelo Ibama

Projeto voltado a crianças do ensino fundamental, a cartilha foi coordenada pelo biólogo do IBAMA Vincent Kut Lo, que viu na publicação uma forma de transmitir à garotada a importância de não possuir animais silvestres em casa. “As crianças são de grande importância hoje na conscientização dos adultos e no processo de mudança da sociedade, sobretudo em relação ao meio ambiente”, destaca. De forma lúdica, os personagens mostram o que acontece com os animais capturados com trficantes de animais silvestres – que é considerado o terceiro maior mercado ilegal do mundo, só atrás do tráfico de drogas e armas – e buscam sensibilizar os jovens leitores sobre esse grave problema e a importância de se tornarem defensores dos bichos e multiplicadores dessa ideia.” – texto da matéria “Escolas municipais recebem em primeira mão cartilhas do IBAMA sobre proteção de animais”, publicada em 22 de janeiro de 2014 pelo site do Jornal da Economia
Foto: Arquivo pessoal
A cartilha, que será distribuída inicialmente nas escolas municipais de São Roque e Mairinque, deverá ser usada nacionalmente. A iniciativa de Kurt Lo (foto) atingir as crianças é perfeita, já que garante um futuro com mais respeito aos animais silvestres (e a consequente redução do tráfico de fauna) e atinge também os adultos que se relacionam com elas.

A iniciativa seria perfeita se integrasse uma campanha de longa duração e fosse integrada em uma política permanente de combate ao tráfico de fauna e ao hábito de manter animais silvestres em cativeiro doméstico.

Que esse seja um grande passo na direção de um projeto de conscientização da população.

- Leia a matéria completa do Jornal da Economia

Nenhum comentário: