Páginas

"Todos os argumentos que provam a superioridade humana não eliminam este fato:
no sofrimento os animais são semelhantes a nós."
Peter Singer - Filósofo e professor de bioética na Universidade de Princeton, autor de Libertação Animal (1975)

Pesquisar este blog

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Importação ilegal de aranhas: negócio arriscado

“O Ibama, em ação fiscalizatória conjunta com os Correios, interceptou nesta semana, um pacote com aranhas caranguejeiras exóticas, provenientes de Joanesburgo, na África do Sul, com destino a uma cidade no interior do estado do Paraná.

Aranhas apreendidas nos Correios
Foto: Divulgação Correios

A encomenda foi identificada nos procedimentos de raio-x dos Correios, quando então os agentes ambientais federais do Ibama depararam-se com produto de tráfico internacional de animais silvestres: quatro aranhas caranguejeiras exóticas, vivas, acondicionadas em recipientes plásticos, vindas diretamente do continente africano.” – texto da matéria “Aranhas vindas da África do Sul são apreendidas no Paraná”, publicada em 30 de janeiro de 2014 pelo portal Bonde

A hipótese mais provável é que as aranhas seriam criadas como bichos de estimação no Paraná e foram encomendadas via internet. Cabe agora a identificação do responsável por encomendar esses animais.

A introdução de espécies exóticas, que não são nativas brasileiras, é um risco. No caso de fuga dos animais, eles podem concorrer com espécies nativas, gerando desequilíbrio no ecossistema e até redução da população dos bichos brasileiros caso se adaptem e se reproduzam.

A transmissão de doenças, tanto para humanos quanto para outros animais, é outro problema, já que não se sabe as condições sanitárias do criador exportador bem como o estado de saúde das aranhas.
Negócio bastante arriscado.

- Leia a matéria completa do portal Bonde

Nenhum comentário: