Páginas

"Todos os argumentos que provam a superioridade humana não eliminam este fato:
no sofrimento os animais são semelhantes a nós."
Peter Singer - Filósofo e professor de bioética na Universidade de Princeton, autor de Libertação Animal (1975)

Pesquisar este blog

terça-feira, 22 de abril de 2014

Onça-parda morre atropelada: desta vez no Rio Grande do Sul

Em 11 de abril de 2014, o Fauna News publicou o post “Reflexão para o fim de semana: onças-pardas vítimas das estradas”, em que repercutiu os atropelamentos de oito onças-pardas (sendo que quatro morreram) em estradas e rodovias desde o início de 2013. De acordo com o Plano de Ação Nacional para Conservação da Onça-parda, do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), de 2011:

“Outro fator que concorre para seu extermínio é a ampliação da malha rodoviária que, além de causar expressivo aumento na fragmentação dos hábitats, também resulta em um grande número de atropelamentos e no aumento do isolamento dos grupos populacionais, o que reduz a troca de material genético entre as populações, aumentando a frequência de genes deletérios, ou seja, reduzindo o sucesso reprodutivo da espécie. Tanto animais feridos em atropelamentos ou capturados por conflitos são muitas vezes levados ao cativeiro e dependendo de sua saúde ou condições comportamentais jamais voltam à natureza. Quando filhotes chegam ao cativeiro, da mesma forma, são fadados à viverem enclausurados devido à incapacidade de caçar (aprendem a caçar com a mãe) ou forte associação ao ser humano.”

Pois o Fauna News tem o registro de mais uma onça-parda morta atropelada em uma rodovia brasileira:

“Durante a manhã de hoje (19), integrantes do 3° Batalhão Ambiental da Brigada Militar, atenderam ao chamado de usuários da BR-285 na região de Cruzaltina distante 45 quilômetros de Passo Fundo, informando de que uma Onça Parda conhecido na região como Suçuarana havia sido atropelada. Conforme o Sargento Roberto Antoniolli, o animal foi atropelado ao amanhecer, sendo atingido no lado esquerdo possivelmente por um caminhão.

Onça-parda foi atropelada ao amanhecer
Foto: Rádio Uirapuru

Explicou que neste horário os animais caminham de uma mata para outras, devido possuírem hábitos noturnos.  O Sargento revelou ainda que moradores daquela região informaram que nos últimos dias inúmeros ataques a ovelhas e novilhas foram registrados. O animal foi recolhido e conduzido a sede do 3° Batalhão Ambiental onde será empalhado e utilizado para a Educação Ambiental.”
– texto da matéria “Mundo animal: Batalhão Ambiental localiza Onça Parda atropelado na BR-285 em Cruzaltinha – RS”, publicada em 19 de abril de 2014 pelo site TopSul Notícias

- Leia a matéria completa do TopSul Notícias
- Leia o Plano de Ação Nacional para Conservação da Onça-parda (Sumário Executivo)
- Releia o post do Fauna News “Reflexão para o fim de semana: onças-pardas vítimas das estradas”

Nenhum comentário: