Páginas

"Todos os argumentos que provam a superioridade humana não eliminam este fato:
no sofrimento os animais são semelhantes a nós."
Peter Singer - Filósofo e professor de bioética na Universidade de Princeton, autor de Libertação Animal (1975)

Pesquisar este blog

terça-feira, 8 de abril de 2014

Pente-fino em Conceição (PB): Ibama promete operação contra cativeiro de aves silvestres

“Novas operações do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) deverão ser realizadas na região na busca por aves silvestres criadas em cativeiro sem a devida autorização do órgão ambiental.

Se não investirem em conscientização, o trabalho será inútil
Foto: Vale do Piancó Notícias

Nessa quinta-feira, 3, em uma única residência localizada nas proximidades do terminal rodoviário de Conceição, agentes do instituto apreenderam cerca de 100 aves silvestres que eram mantidas em gaiolas, algumas delas ameaçadas de extinção.”
– texto da matéria “Após apreender mais de 100 aves em Conceição, Ibama está agora de olho nas gaiolas por todo o Vale do Piancó”, publicada em 5 de abril de 2014 pelo site Folha do Sertão

O infrator, conhecido como Neto do Molho, tem de ser bem investigado. Afinal, a quantidade de aves apreendidas não é comum para criadores domésticos. O número é indicador de tráfico de animais.

Para o Ibama, que agora promete investidas em toda a região, resta a obrigação de ser rigoroso nas apreensões e, sobretudo, investir em campanhas para desestimular o hábito de manter aves em gaiolas. Se o órgão federal amolecer, depois de prometer as operações, perde a já questinada credibilidade.

Para o serviço ser completo, o Ibama não pode ficar restrito à repressão e emissão de multas. O órgão tem de explicar para a população, com apoio da imprensa e das autoridades locais, o problemas ambientais desse hábito, bem como os riscos à saúde das pessoas, que passam a ficar expostas a diversas doenças (zoonoses).

Se esse passo não for dado, e apenas as apreensões forem realizadas, todo o trabalho será inútil, além de contribuir para uma natural aversão da população.

- Leia a matéria completa da Folha do Sertão

Nenhum comentário: