Páginas

"Todos os argumentos que provam a superioridade humana não eliminam este fato:
no sofrimento os animais são semelhantes a nós."
Peter Singer - Filósofo e professor de bioética na Universidade de Princeton, autor de Libertação Animal (1975)

Pesquisar este blog

quarta-feira, 28 de maio de 2014

Ação em defesa da fauna pela PM mineira

“A equipe da 5ª Companhia de Polícia Militar do Meio Ambiente e Trânsito (5ª CIA Ind Mat) realizou, ontem (22), ações de fiscalização, conscientização sobre a proteção e preservação do meio ambiente e a educação ambiental.

Policiais mineiros em ação na região de Uberaba
Foto: Jornal de Uberaba

O tenente PM Luciano lembra que ontem foi comemorado o Dia Internacional da Biodiversidade. Ele relatou que a equipe da 5ª CIA Ind Mat se deslocou por vários pontos de Uberaba e região, atuando com a distribuição de material informativo para os motoristas que passaram pelo posto da Polícia Rodoviária Estadual (PRE), localizado às margens da MG-427. “Abordamos milhares de veículos e visitamos escolas, realizando orientações com vários assuntos relacionados ao meio ambiente, como os crimes contra a fauna e a flora, pesca, maus-tratos aos animais, combate à caça, a retirada de filhotes, e alertando sobre as consequências para o meio ambiente de se praticar atividades poluidoras”, relatou.

Outro ponto importante abordado pelo tenente PM foi a conscientização do limite da velocidade nas estradas. “Fica o alerta para os motoristas manterem o limite da velocidade, com o objetivo de prevenir o atropelamento de animais que vão para a pista e, consequentemente, tornam-se vítimas. Além da conscientização, os policiais militares realizaram fiscalização da documentação dos veículos”, acrescentou.”
– texto da matéria “5ª CIA Ind Mat promove ações no Dia da Biodiversidade”, publicada em 23 de maio de 2014 pelo site do Jornal de Uberaba (MG)

A ação da Polícia Militar de Meio Ambiente e Trânsito, apesar de pontual, é importante. Atuar na conscientização da população sobre problemas como tráfico de animais, manutenção de silvestres em cativeiro sem autorização e atropelamento de fauna são importantíssimas, já que a participação do cidadão é essencial para a redução desses problemas.

Só existe o mercado negro de fauna porque tem gente que compra animais. Ao mesmo tempo, se os motoristas trafegarem com mais atenção e respeitando os limites de velocidade em estradas que cortam áreas com vegetação preservada, o número de silvestres atropelados diminui consideravelmente.

Vale lembrar que essas ações educativas pontuais têm alcance limitado. O resultado efetivo só acontece quando o poder público, aliado a entidades da sociedade civil, como ONGs, realizam um trabalho planejado e permanente. A consciência e o comportamento da população demoram para serem mudados, mas essa alteração são a forma mais efetiva para a solução dos problemas.

- Leia a matéria completa do Jornal de Uberaba

2 comentários:

Anônimo disse...

Parabéns a policia de meio ambiente mas o governo do Estado precisa parar de fazer discurso e provar que está investindo nos meios de controle e fiscalização do tráfico de animais Esta última década para Minas foi a pior na proteção e defesa de animais governo estadual não deu valor ao meio ambiente, a quem não vota !

Anônimo disse...

Parabéns a policia de meio ambiente mas o governo do Estado precisa parar de fazer discurso e provar que está investindo nos meios de controle e fiscalização do tráfico de animais Esta última década para Minas foi a pior na proteção e defesa de animais governo estadual não deu valor ao meio ambiente, a quem não vota !