Páginas

"Todos os argumentos que provam a superioridade humana não eliminam este fato:
no sofrimento os animais são semelhantes a nós."
Peter Singer - Filósofo e professor de bioética na Universidade de Princeton, autor de Libertação Animal (1975)

Pesquisar este blog

quinta-feira, 14 de abril de 2011

Boa notícia: Anhanguera, a onça-parda atropelada em 2009, volta à natureza

Em 25 de fevereiro escrevi o texto “Força Anhanguera!”, em que abordava os esforços da Associação Mata Ciliar em recuperar e devolver às matas a onça-parda Anhanguera. O felino, resgatado após ter sido atropelado na via Anhanguera em setembro de 2009, chegou à instituição com escoriações, um dente fraturado e bastante magro. Naquele dia eu estava à procura de boas notícias e escolhi a história desse animal, que estava praticamente recuperado.



Anhanguera sendo resgatado em 2009

Não poderia deixar de acompanhar o desfecho da luta de Anhanguera e dos técnicos da Mata Ciliar, ONG que mantém o Centro Brasileiro para Conservação de Felinos Neotropicais e o Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (CRAS) em Jundiaí (SP). Finalmente, no final de março, a onça-parda macho foi solta na Serra do Japi.



Anhanguera recebendo os primeiros-socorros
Foto: Divulgação Associação Mata Ciliar

A equipe do Mata Ciliar irá monitorar o felino por meio do radiocolar que ele carrega. Dessa forma, os técnicos pretendem garantir a total reintegração do animal ao ambiente natural.


A onça-parda no recinto para se readaptar à vida livre
Foto: Divulgação Associaçâo Mata Ciliar

No texto “Força Anhanguera!” escrevi:
“Por falta de verba, o CRAS ficou fechado durante um ano e, em outubro do ano passado, retomou suas atividades após firmar um convênio com a prefeitura de Jundiaí.

Esse é o quadro do descaso do poder público em manter estruturas próprias para cuidar de animais silvestres vítimas do tráfico, de atropelamentos e de tantas outras situações irregulares e criminosas. Os Cetas (Centros de Triagem de Animais Silvestres) do Ibama ainda são depósitos de animais que, pela falta de infraestrutura, não conseguem cumprir sua missão em receber, tratar e devolver os espécimes apreendidos à natureza.

Cada vez mais, iniciativas da sociedade civil organizada estão tendo de suplantar a ausência do poder público no manejo da fauna brasileira.”
Opinião mantida.

- Leia o texto informativo da Associação Mata Ciliar sobre a soltura de Anhanguera.
- Releia o texto “Força Anhanguera!”, do FAUNA NEWS.
- Conheça a Associação Mata Ciliar.
- Saiba mais sobre as onças-pardas.

- Assista ao vídeo da soltura de Anhanguera.



Nenhum comentário: