Páginas

"Todos os argumentos que provam a superioridade humana não eliminam este fato:
no sofrimento os animais são semelhantes a nós."
Peter Singer - Filósofo e professor de bioética na Universidade de Princeton, autor de Libertação Animal (1975)

Pesquisar este blog

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Começar a semana pensando...

...na "Década da Biodiversidade".

“As Nações Unidas lançaram no último sábado (17/12) na cidade de Kanazawa, Japão, a “Década da Biodiversidade”. Durante os anos de 2011 a 2020, a ONU quer implementar planos estratégicos de preservação da natureza e encorajar os governos a desenvolver e comunicar resultados nacionais na implementação do Plano Estratégico para Biodiversidade.” – texto do site da ONU


Para o Subsecretário-Geral para Comunicação e Informação Pública das Nações Unidas, Kiyo Akasaka, “não podemos reverter a extinção. Podemos, no entanto, prevenir a extinção futura de outras espécies. Para os próximos dez anos nosso comprometimento será de proteger mais de oito milhões de espécies e nossa sabedoria em contribuir com o equilíbrio da vida será posta à prova” (texto do site da ONU). Tanto ele, quanto o Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, apresentaram discursos salientando que a vida humana depende da diversidade biológica, do desenvolvimento sustentável e dos serviços prestados por um meio ambiente equilibrado.

O Plano Estratégico para Biodiversidade, citado pela ONU, foi estipulado em outubro de 2010 durante a COP-10 (10ª Conferência das Partes da Convenção sobre Diversidade Biológica), realizada no Japão. O documento fornece as diretrizes para parar e, eventualmente, reverter a perda de biodiversidade do planeta.

Que a “Década da Biodiversidade” não fique restrita aos ambientalistas e gestores públicos e que chegue até a população. Mídia e educadores: chegou a hora de contribuir mais um tanto...

- Leia o texto de divulgação do site da ONU Brasil
- Saiba mais sobre a Década da Biodiversidade" (site oficial em inglês, espanhol e francês)
- Conheça o Plano Estratégico para a Biodiversidade (em inglês)

Nenhum comentário: