Páginas

"Todos os argumentos que provam a superioridade humana não eliminam este fato:
no sofrimento os animais são semelhantes a nós."
Peter Singer - Filósofo e professor de bioética na Universidade de Princeton, autor de Libertação Animal (1975)

Pesquisar este blog

quinta-feira, 23 de maio de 2013

Tráfico de animais trabalhando pela extinção: papagaio-de-peito-roxo

“A Secretaria de Meio Ambiente de Novo Hamburgo (Semam) apreendeu 26 pássaros silvestres que eram mantidos em cativeiro em quatro residências nos bairros Diehl, Rondônia e Liberdade, na tarde desta terça-feira. A operação cumpriu uma determinação do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e seguiu denúncias que chegaram à Secretaria.

De acordo com o biólogo da Semam, Carlos Norman, entre as espécies apreendidas, há um papagaio do peito roxo, espécie considerada em extinção, além de sabiás, caturritas, canários da terra, um sanhaço, um tupi, cardeais, coleiros, azulões, um chupim e um sargento. As aves, que nunca aprenderam a voar ou perderam as condições físicas para isso, serão encaminhadas ao zoológico de Sapucaia do Sul. As demais serão soltas na natureza.”
– texto da matéria “Prefeitura de Novo Hamburgo resgata 26 pássaros em cativeiro”, publicada em 21 de maio de 2013 pelo Correio do Povo (RS)

Papagio-de-peito-roxo apreendido
Foto: Deivid Poncio

De acordo com a União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN), a população do papagaio-de-peito-roxo (Amazona vinacea) é estimada entre 1.979 e 2.650 animais, distribuídos entre o Brasil, o Paraguai e a Argentina. A maior parcela da espécie (entre 1.500 e 2.000 aves) vive em território brasileiro.

A espécie está classificada como “em perigo” de extinção, com tendência de declínio populacional. As principais ameaçadas são a destruição do hábitat e a caça para o tráfico. Exatamente o que aconteceu com o animal apreendido em Novo Hamburgo (RS).

Será que a pessoa que o mantinha aprisionado tem a noção da dimensão do problema que a espécie enfrenta?

- Leia a matéria completa do Correio do Povo
- Saiba mais sobe o papagaio-de-peito-roxo (Wikiaves)

Nenhum comentário: