Páginas

"Todos os argumentos que provam a superioridade humana não eliminam este fato:
no sofrimento os animais são semelhantes a nós."
Peter Singer - Filósofo e professor de bioética na Universidade de Princeton, autor de Libertação Animal (1975)

Pesquisar este blog

segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

Começar a semana pensando...

...no tráfico internacional envolvendo espécies brasileiras.

“Um cidadão tcheco foi preso ao tentar embarcar em um avião no Aeroporto Internacional de Buenos Aires com centenas de cobras venenosas e répteis ameaçados de extinção escondidos dentro de sua bagagem.

Karel Abelovsky, de 51 anos, tinha em suas malas 247 animais escondidos dentro de sacos e até meias. Cada um dos recipientes trazia rótulos em latim com o nome científico das diferentes espécies. (...)

Imagem da mala do tcheco no aparelho de raios-x
Foto: The Inquisitr

Entre os animais estavam insetos, aranhas, lagartos, cobras venenosas, lesmas e caracóis provenientes do Brasil, Argentina, México e Paraguai.

Muitos deles estão protegidos pela Convenção sobre o Comércio Internacional das Espécies da Fauna e da Flora Silvestres Ameaçadas de Extinção.

Alguns dos animais foram encontrados mortos, provavelmente sufocados devido à escassez de oxigênio.”
– texto da matéria “Homem é detido com mala cheia de cobras em aeroporto na Argentina” publicada pelo site da BBC Brasil em 28 de dezembro de 2011

Infelizmente, a matéria não informa para quais fins seriam utilizados esses animais. Muitos insetos e cobras são utilizados para a extração da peçonha (popularmente chamada de veneno) e, com a substância, fabricar remédios, por exemplo. De acordo com especialistas, laboratórios internacionais financiam esse comércio criminoso.

Mas, além dos animais ditos “venenosos” havia outros. Qual o interesse? Pesquisas ou coleções?

O tcheco pagou fiança de 2,5 mil dólares, foi multado em quase 80 mil dólares e, apesar de ter sido solto, está sendo processado. Ele não pode sair da Argentina.

Enquanto esse tipo de crime não for punido, em todo mundo, como severa privação de liberdade, continuará a acontecer. Espero estar errado, mas quero ver esse europeu aparecer para o julgamento...

- Leia a matéria da BBC Brasil

Nenhum comentário: