Páginas

"Todos os argumentos que provam a superioridade humana não eliminam este fato:
no sofrimento os animais são semelhantes a nós."
Peter Singer - Filósofo e professor de bioética na Universidade de Princeton, autor de Libertação Animal (1975)

Pesquisar este blog

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Começar a semana pensando...

...na Paraíba, reincidente no tráfico de animais.

Uma face feia da Paraíba tem aparecido com frequência  na imprensa: a do tráfico de animais. Dessa vez, foi o site Patosonline.com que deu destaque ao problema: “IBAMA realiza mais uma apreensão de aves silvestres no Sertão”.

“O IBAMA (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) vem intensificando várias diligências no Sertão, principalmente na região polarizada por Patos, cuja ação dos fiscais culminou com a apreensão de várias aves consideradas de extinção.

Gaiolas com aves apreendias na Paraíba
Foto: patosonline.com

Foram apreendidas várias espécies de aves e os criadores multados por infringir a Lei do Meio Ambiente. A ação do IBAMA, que é desenvolvida com apoio inclusive das polícias, tem como finalidade coibir os crimes ambientais e as ações degradantes ao meio ambiente na região.

Mais de 400 (quatrocentas) aves foram aprendidas e levadas para Sede do órgão em Cabedêlo, onde será feita uma minuciosa triagem em cada pássaro e depois retornam ao sertão para serem devolvidos a natureza.”
- texto do patosonline.com

A ação aconteceu em 26 de fevereiro de 2012 e o resultado não me surpreendeu. Afinal, em 3 de maio de 2011, no post “Paraíba: exemplo da falta de controle do tráfico de animais silvestres”, escrevi com base na matéria "Paraíba na rota do tráfico de animais", publicada em 6 de abril de 2011, do jornal paraibano O Norte:

“O jornal também salienta que 10% de todos os animais silvestres apreendidos no país estavam na Paraíba. As cidades que apresentaram um maior número de ocorrências foram Cajazeiras, João Pessoa, Patos e Itabaiana.”O que me chamou a atenção dessa vez foi a atitude daqueles que mantinham os animais em cativeiro durante a ação de fiscalização:

“Conforme a coordenadoria do IBAMA-PB muitos criadores tomaram iniciativa própria e realizaram espontaneamente a entrega das Gaiolas e pássaros para evitar uma punição mais severa em caso de flagrante.”
- texto do patosonline.com

Será que as pessoas tomariam essa atitude se a fiscalização não apertasse? Tenho cá minhas dúvidas... Para dizer o mínimo.

Para quem deseja, por motivos éticos ou legais, entregar os animais que mantém em cativeiro, pode fazê-lo sem receio.

Parágrafo 5º do artigo 25 do Decreto nº 6.154, de 2008:

“No caso de guarda de espécime silvestre, deve a autoridade competente deixar de aplicar as sanções previstas neste Decreto, quando o agente espontaneamente entregar os animais ao órgão ambiental competente.”

- Leia a matéria do Patosonline.com
Releia os posts do Fauna News sobre a Paraíba:
- “Paraíba: exemplo da falta de controle do tráfico de animais silvestres”, de 3 de maio de 2011
- “Papagaios na Paraíba: duas vezes vítimas do tráfico e ninguém noticiou”, 16 de novembro de 2011

Nenhum comentário: