Páginas

"Todos os argumentos que provam a superioridade humana não eliminam este fato:
no sofrimento os animais são semelhantes a nós."
Peter Singer - Filósofo e professor de bioética na Universidade de Princeton, autor de Libertação Animal (1975)

Pesquisar este blog

quinta-feira, 12 de junho de 2014

Correios em Minas Gerais: encomenda de répteis é apreendida

“Em uma embalagem de presente, quatro filhotes de serpente e um jabuti foram enviados pelos Correios de Governador Valadares, no Vale do Rio Doce, à Belo Horizonte. A encomenda passou por Valadares mas foi interceptada na capital, após funcionários dos Correios detectarem os animais pelo raio-x, nesta terça-feira (10).

Répteis apreendidos em Minas Gerais
Foto: divulgação PM Ambiental MG

Segundo o sargento Helton Luís Pires, da Companhia de Polícia Militar de Meio Ambiente de Belo Horizonte, o remetente é um homem morador do bairro Esplanada, em Governador Valadares, e o destinatário seria um jovem morador do bairro Padre Eustáquio, região Noroeste da capital.

Nenhum dos dois foi encontrado pela polícia para prestar os esclarecimentos, mas na casa do destinatário, a mãe disse não saber sobre o envolvimento do filho com animais da fauna silvestre.”
– texto da matéria “Caixa com serpentes e jabutis é interceptada pelos Correios em BH”, publicada em 10 de junho de 2014 pelo site do jornal mineiro O Tempo

O tráfico de animais pelos correios é uma prática comum. As principais vítimas são os répteis, por serem silenciosos e resistentes a dias sem comida e água. Além de cobras e jabutis, iguanas também são bastante despachados.

O caso tem de ser bastante investigado pois existe grande possibilidade de se desbaratar uma quadrilha, que envolve que vende e despacha via correios até possíveis infratores responsáveis por capturar e coletar filhotes e ovos.

Essa forma de entregar o animal é bastante cruel. Os animais são embalados em caixas pequenas, sem alimentação e água, com ventilação precárias e que acabam sendo sacudidas o tempo todo.

Infelizmente, por causa da fraca legislação que trata do crime, os envolvidos ficarão impunes.

- Leia a matéria completa de O Tempo

Nenhum comentário: