Páginas

"Todos os argumentos que provam a superioridade humana não eliminam este fato:
no sofrimento os animais são semelhantes a nós."
Peter Singer - Filósofo e professor de bioética na Universidade de Princeton, autor de Libertação Animal (1975)

Pesquisar este blog

sexta-feira, 13 de abril de 2012

Reflexão para o fim de semana: o fim do cativeiro em Araçatuba (SP)

“Um aposentado que criava pássaros há mais de 50 anos em Araçatuba (SP) decidiu soltar todas as aves. Dentre as espécies estavam caboclinho, papa-capim além de diversos canários da terra. A criação do ex-policial Joaquim de Oliveira Neto sempre foi variada. O aposentado se diz apaixonado por pássaros desde menino, se dedicando às aves a criação em cativeiro.

Caboclinho do ex-policial ganhou liberdade
Imagem: Reprodução TV Globo

Mas nos últimos meses, Joaquim resolveu tomar uma séria decisão, soltar os pássaros. “Depois de tanto eu ouvir falar em preservação e respeito aos animais, eu percebi que manter os passarinhos presos não era a melhor forma de demonstrar amor por eles”, relatou.”
– texto da matéria “Criador de pássaros de Araçatuba, SP, solta mais de trinta espécies” publicada em 11 de abril de 2012 pelo portal G1 reproduzindo uma matéria feita pela retransmissora da TV Globo na região

 Para os que desejam fazer o mesmo, leiam o final da matéria:

“Antes de serem soltos, os pássaros também passaram pela avaliação de um veterinário, que comprovou que todos estavam em condições para serem devolvidos à natureza. A criação de Joaquim era legalizada e se alguém se inspirar na história e resolver soltar pássaros, é necessário consultar a Polícia Ambiental.”

Espero, realmente, que a soltura tenha sido criteriosa.

Soltura de aves criadas em cativeiro, sem respeitar critérios técnicos e uma avaliação de especialistas, pode resultar na morte dos animais que não saber procurar alimento ou se defender de predadores. Além disso, esses bichos podem levar doenças para o meio ambiente e causar problemas para os demais animais.

A intenção é boa, mas tome os cuidados necessários.

- Leia a matéria do portal G1 (tem vídeo)

Nenhum comentário: