Páginas

"Todos os argumentos que provam a superioridade humana não eliminam este fato:
no sofrimento os animais são semelhantes a nós."
Peter Singer - Filósofo e professor de bioética na Universidade de Princeton, autor de Libertação Animal (1975)

Pesquisar este blog

terça-feira, 21 de janeiro de 2014

Radares pela vida animal

“A instalação de radares na BR-262 entre Anastácio e Corumbá é um dos fatores que ajudou a reduzir pela metade o índice de atropelamento de animais. Enquanto estudo oficial concluído em maio de 2012 apontava três bichos mortos a cada dois dias, em 1990 eram quatro mortes por dia. A informação é do jornal Correio do Estado.

Radares estão reduzindo atropelamentos de animais
Foto: Gerson Oliveira/Correio do Estado

Conforme a publicação, hoje, por esse trecho o motorista cruza por ao menos duas dezenas de redutores de velocidade, três vezes mais que os equipamentos instalados ali até cinco anos atrás.”
– texto da matéria “Atropelamento de animais cai pela metade na BR-262”, publicado em 20 de janeiro de 2014 pelo site do jornal Correio do Estado (MS)

O biólogo e professor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Andreas Kindel, afirma que um estudo realizado na Austrália sugere que uma redução de 20% na velocidade diminui em 50% a mortalidade de animais atropelados em estradas. E os radares estão se mostrando boas ferramentas para a BR-262.

Vale lembrar que, além de investir em equipamentos, é necessário conscientizar os motoristas sobre os cuidados para trafegar em rodovias que cortam áreas com natureza preservada. E o trabalho desenvolvido na BR-262 pelo Instituto Tecnológico de Transportes e Infraestrutura, o ITTI da Universidade Federal do Paraná (UFPR) contempla esse aspecto. Folhetos são distribuídos e campanhas com jingles são veiculadas nas rádios da região.

Os motoristas são as principais peças para serem trabalhadas em qualquer projeto de objetive a redução do conflito entre veículos e a fauna silvestre. Kindel é coautor do Conecte – Guia de Procedimentos para Mitigação de Impactos de Rodovias sobre a Fauna. A obra, publicada na internet (www.lauxen.net/conecte), é uma síntese do atual conhecimento sobre os impactos na fauna e sobre como reduzir danos.

De acordo com Centro Brasileiro de Estudos em Ecologia de Estradas, estima-se que 475 milhões de animais silvestres morrem atropelados todos os anos nas estradas em rodovias brasileiras todos os anos.

- Leia a matéria completa do site do Correio do Estado

Nenhum comentário: