Páginas

"Todos os argumentos que provam a superioridade humana não eliminam este fato:
no sofrimento os animais são semelhantes a nós."
Peter Singer - Filósofo e professor de bioética na Universidade de Princeton, autor de Libertação Animal (1975)

Pesquisar este blog

terça-feira, 16 de julho de 2013

Resolução 457: primeira manifestação de rua contra

17 de julho de 2013 - Errata: o MVL é formado por quatro estudantes de Ciências Biológicas - Marina Malcius, Gabriela Viveiros Mathias, Patricia Orosco e Leticia Mendes Araújo -, que contou com o apoio de outras entidades e simpatizantes na manifestação.
_____________________________________________________________________________

Representantes de ONGs e pessoas ligadas à causa da conservação da fauna silvestres formaram um grupo chamado Movimento Liberdade à Vida (MVL) para protestar contra a Resolução 457 do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama). No início da noite de 15 de julho de 2013, integrantes do grupo realizaram a primeira manifestação pública contra a nova determinação do Conselho. O ato aconteceu em frente à Secretaria de Estado do Meio Ambiente, na capital paulista.

Manifestantes no ato contra a Resolução 457
Foto: Associação Mata Ciliar

De acordo com a Resolução 457, no caso de o poder público não conseguir  “vagas” em suas instituições (tipo Cetas – Centro de Triagem de Animais Silvestres), zoológicos ou entidades  semelhantes para receber os animais apreendidos (anfíbios, répteis, aves, e mamíferos que constarão na futura lista de espécies de silvestres que poderão ser criadas comercialmente para venda como bichos de estimação), passou a ser possível a elaboração dos termos de depósitos de Animal Silvestre e o Preliminar, isto é, o bicho poderá ficar com o infrator (criador ilegal).

Representantes de uma das principais entidades que atua na recuperação de animais silvestres vítimas do tráfico, a Associação Mata Ciliar, estiveram presentes. Com cartazes, megafone e uma gaiola com o formato de um caixão, eles se manifestaram. Na página do Fecebook do Movimento Liberdade à Vida, um post resume o que os manifestantes querem:

“Lembrem-se queremos CETAS, queremos punições severas para quem trafica e para quem compra animais do tráfico!”

O grupo já está organizando uma nova manifestação (link para o Facebook), que deverá ocorrer a partir das 15h de 27 de julho, no vão livre do Masp (avenida Paulista, em São Paulo).

Gaiola com formato de caixão
Foto: Associação Mata Ciliar

Vale destacar que, na votação de 22 de maio de 2013 que aprovou a Resolução do Conama, das 107 entidades com direito a voto, 90 participaram e 89 foram favoráveis (a Frente Nacional de Prefeitos estava presente mas sem direito a voto, mas se manifestou contra). O representante do governo paulista no Conselho, que é o secretario do Meio Ambiente Bruno Covas, não compareceu à votação.

Manifestantes durante ato
Foto: Associação Mata Ciliar

Apesar de o governo paulista não ter se pronunciado, o comandante da Polícia Militar Ambiental de São Paulo, coronel Milton Sussumu Nomura, é conselheiro do Conama em nome do Conselho Nacional de Comandantes Gerais das Polícias Militares e Corpos de Bombeiros Militares do Brasil e um dos principais responsáveis pela elaboração da Resolução e seu grande defensor.

- Conheça a página do Movimento Liberdade à Vida no Facebook
- Conheça a Resolução 457
Releia os posts do Fauna News:
- “Guarda provisória de animais silvestres: atestando a incompetência do poder público”, publicado em 24 de maio de 2013
- "Conama alivia a falta de estrutura do poder público legalizando o tráfico de animais", publicado em 27 de junho de 2013
- "Resolução 457: petição na internet pede revogação", publicado em 1º de julho de 2013
- “Resolução 457: manifestação do Conselho Nacional de Comandantes Gerais das Polícias Militares e Corpos de Bombeiros Militares do Brasil”, de 2 de julho de 2013
- “Resolução 457: os 89 que votaram a favor”, de 3 de julho de 2013

2 comentários:

Anônimo disse...

Otima iniciativa

MLV disse...

Só fazendo uma pequena correção o MLV é formado por 4 estudantes de Biologia que abraçaram a causa por serem à favor da conservação da fauna silvestre e por esta razão é contra a Resolução 457 e que futuramente tem a intensão de formar uma ONG!!!Agradecemos imensamente à todos que lá estiveram presentes, lutando conosco por esta causa tão importante e quem mais quiser participar, serão sempre bem vindos!